Doação do bem de família para filho não é fraude à execução fiscal

 

​O STJ considera que a impenhorabilidade é mantida mesmo que o devedor transfira o imóvel que lhe serve de moradia, porque ele seria imune, de toda forma, aos efeitos da execução. 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Doação do bem de família para filho não é fraude à execução fiscal

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!