Interrogatório do réu tem de ser por último, mas nulidade exige demonstração de prejuízo

 

​Julgamento no rito dos repetitivos dá força vinculante ao entendimento de que a possibilidade de inversão da ordem na audiência de instrução diz respeito apenas à oitiva das testemunhas. 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Interrogatório do réu tem de ser por último, mas nulidade exige demonstração de prejuízo

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!